Coronavírus: Bom Despacho libera a realização de cerimônias religiosas

A cidade, localizada no Centro-Oeste de Minas, vai liberar a realização das cerimônias religiosas, mas a decisão pode ser revista a qualquer momento, segundo a prefeitura | Foto: Sesc/Divulgação

Em decreto publicado nesta quinta-feira (30), a prefeitura diz que as celebrações podem acontecer uma vez por semana, com a presença de fieis, mas estabelece uma série de regras

A cidade, localizada no Centro-Oeste de Minas, vai liberar a realização das cerimônias religiosas, mas a decisão pode ser revista a qualquer momento, segundo a prefeitura

A prefeitura de Bom Despacho, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, liberou a realização de cerimônias religiosas no município. Conforme decreto publicado nesta quinta-feira (30), os cultos, missas ou reuniões espíritas serão liberadas uma vez por semana, com a presença de fieis.

A liberação foi determinada pelo Comitê Municipal de Enfrentamento e Monitoramento à Covid-19, que estabeleceu regras para a realização dos encontros. Para que sejam liberadas, os estabelecimentos precisarão informar a metragem do espaço físico onde a celebração vai acontecer, além do dia e horários dos encontros.

Pelas regras, ficam permitidas, no máximo, três celebrações ao dia. Cada uma delas só pode ter duração máxima de 1 hora e será preciso respeitar uma distância mínima de dois metros entre os fieis.

Além disso, todos que participarem do encontro (fieis, celebrantes e funcionários) serão obrigados a usar máscaras, e a instituição precisará disponibilizar álcool 70% ou água e sabão para que as pessoas façam a higienização das mãoes.

Todos os assentos, mobiliários e instrumentos, assim como o piso dos locais, precisarão ser higienizados após cada celebração. Também será proibido realizar os encontros a portas fechadas, já que o local obrigatoriamente deverá estar arejado. O uso de ar-condicionados e ventiladores será proibido.

Os templos que não cumprirem as determinações poderão ter o alvará de funcionamento suspenso. A prefeitura também informou que as medidas poderão ser modificadas a qualquer momento, dependendo da avaliação do perfil epidemiológico da cidade e de novas regulamentações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde.

| Foto: Sesc/Divulgação- Publicado em 01/05/20 – 15h28 Sávio Gabriel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil