Início das obras do novo IML deverá sair no segundo semestre deste ano

A construção do novo Instituto Médico Legal – IML de Ipatinga deve começar no segundo semestre deste ano. A informação é do Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegado Joaquim Francisco Neto e Silva, em reunião com a deputada estadual Rosângela Reis (Podemos), nesta quinta-feira (11), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

O atual IML está em fase precária. Desde a interdição da atual estrutura do IML pelo Ministério Público, a deputada Rosângela Reis batalha junto ao Governo de Minas Gerais para solucionar o problema e aportou mais de R$ 1,4 milhão em emendas para a elaboração do projeto e obras, em parceria com o deputado federal Hercílio Coelho Diniz.

Segundo o dr. Joaquim, a área de logística da Polícia Civil está elaborando o projeto executivo e a previsão é até o segundo semestre, concluir essa fase, realizar a licitação pública e iniciar a obra.

“Agradecemos a sua visita e a sua obstinação pela construção pelo posto de perícia integrada na cidade de Ipatinga. Nossa área de logística já está cuidado da preparação dos projetos. Se Deus quiser, no segundo semestre nós teremos, inclusive, a obra licitada, com a ordem de início dada para começar as obras”, afirmou.

Para a deputada Rosângela Reis, são o posto é uma necessidade antiga da região, pois atende mais de 30 municípios vizinhos. “Estamos lutando há muito tempo para conseguir viabilizar essa obra. A Polícia Civil precisa de uma melhor infraestrutura e este prédio vai dar melhores condições para eles desempenharem um bom trabalho”

O novo IML

Segundo a Polícia Civil, o projeto do novo PML será o mesmo utilizado no IML de Guanhães, inaugurado em julho de 2018. O local escolhido para o novo prédio fica na divisa de Ipatinga e Santana do Paraíso, no bairro Industrial, próximo a entrada do bairro Cidade Nova.

A área doada no Distrito Industrial pelo município para o Estado de Minas Gerais possui 2.806 metros quadrados para a construção do IML e, futuramente, da Delegacia Regional, que foi construída há mais de 40 anos e se encontra com espaços inadequados para comportar todo o efetivo da Polícia Civil e atendimento da população. A estimativa de investimento necessário é de R$ 1,5 milhão.

Com a construção do Posto, mais de 500 mil pessoas de várias cidades que compõem a área de atuação da 1ª Delegacia Regional serão beneficiadas.

O atual prédio do IML de Ipatinga possui cerca de 40 anos e chegou a ser interditado a pedido do Ministério Público Estadual devido à precariedade do local e risco de desabamento. Várias trincas, infiltrações e outros problemas são visíveis no local. A estrutura atende cerca de 600 mil pessoas em 16 cidades de toda a região com a realização de procedimentos de necrotério e de outros exames.

Fonte- Assessoria de comunicação – Deputada Estadual Rosângela Reis (Podemos-MG) (31) 2108-5364 / 2108-5370

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil