Bolsonaro: “Que tudo que eu falei na reunião seja exposto”

Bolsonaro criticou a Folha ao falar de vídeo da reunião Foto: Folhapress/Pedro Ladeira

Presidente criticou capa da Folha que insinuou que fala dele seria sobre interferência na PF

Em conversa com jornalistas na manhã desta sexta-feira (15), na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre o conteúdo do vídeo da reunião de ministros, realizada entre ele e os chefes das pastas federais no dia 22 de abril, citada pelo ex-ministro Sergio Moro em seu depoimento à Polícia Federal (PF).

Com uma foto da capa da Folha de São Paulo desta sexta, onde o jornal afirmou que Bolsonaro teria dito que interferiria na PF, o presidente criticou a publicação e disse esperar que o conteúdo do vídeo da reunião seja exposto na íntegra.

– Eu espero que nos próximos dias, talvez horas, que tudo que eu falei na reunião de ministros, todo o vídeo seja exposto – disse.

Questionado por jornalistas sobre suas falas na reunião acerca de mudanças na segurança, o presidente voltou a dizer que as declarações não têm qualquer relação com a Polícia Federal e tratam apenas de sua segurança pessoal e de sua família, geridas pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

– A interferência não é nesse contexto da inteligência não, é na segurança familiar, é bem claro, na segurança familiar. Eu não toco PF, e nem Polícia Federal na palavra segurança – completou.

Paulo Moura – 15/05/2020 09h58 | atualizado em 15/05/2020 11h05

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil