Entrevista com Pr. Antônio Rosa, presidente de honra do ministério de Cel. Fabriciano e Ipatinga

Pr. Antônio Rosa da Silva Presidente de Honra do Ministério Cel. Fabriciano Ipatinga e Esposa Luzia Ramos

Em fevereiro de 2020 o líder fez 4 anos que está jubilado, mas continua evangelizando.

Como tem sido o desafio de ficar fora da presidência, jubilado nos últimos 4 anos?

Não existe desafio, existe um controle do espirito, alma e corpo, estamos trabalhando até acabar a carreira, como diz o apostolo Paulo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia.”.

Na trajetória, dos 4 anos jubilado o que mais te marcou?

É a consideração do presidente Pr. José Martins de Calais Junior, ministério e de toda a amada igreja do Senhor Jesus.

Jubilado, como o senhor tem projetado o seu tempo, tem ficado muito ocioso?

Dentro do possível e das condições de saúde, continuamos trabalhando com a mão no arado sem olhar para trás.  

Qual tem sido a opinião da família nesses 4 anos jubilados?

A minha família nunca teve uma vida abastada ou de luxo, sempre contente com o que temos, seguimos o honesto ritmo, pois o Senhor é o nosso pastor e nada nos tem faltado, pois a Deus seja a glória.

Há 4 anos o senhor deixou a presidência da Assembleia de Deus, nesse período o senhor refletiu sobre essa decisão?

Se eu refletir, estarei olhando para traz. Não tomei decisão precipitada, tive diálogo com a família, com o ministério, e com a igreja do Senhor Jesus. Com muita oração o fiz com confiança, depois de vários anos trabalhando na obra de Deus e com a saúde já abalada, confiando em Deus pedi a minha jubilação.

Em sua opinião qual foi o seu maior legado nos 43 anos à frente do ministério?

Sem nenhuma capacidade humana e nem poder aquisitivo, mas confiando naquele que me chamou, como está escrito em Efésios 3:7: “Do qual fui feito ministro, pelo dom da graça de Deus, que me foi dado segundo a operação do seu poder”. Então posso dizer, posso todas as coisas naquele que me fortalece (Filipenses 4:13). A Ele seja a glória!

Quais as diferenças fundamentais entre seu estilo de liderança para o pastor que assumiu o ministério?

Está escrito: “Há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.” (1 Coríntios 12:5)

 Na sua opinião, qual o principal papel da Igreja?

O dever da igreja é evangelizar e ganhar almas para o reino de Deus.

O que Jesus representa para a sua vida? 

Sem Jesus nada posso fazer.

 Olhando de fora da presidência, o que o senhor faria nos dias atuais para atrair a sociedade e fieis para a Igreja?

Entregar o caminho ao senhor e confiar Nele e Ele tudo fará.

 Como vê os valores humanos?

São instrumento para Deus usar em sua obra.

 O Senhor é de uma era que não é muito ligada a tecnologia, e nesses últimos anos a evoluções tecnológicas tem avançado. Como o senhor está lidando com tudo isso? Blog, página no Facebook, vídeos publicados no YouTube, entre outros.

Este avanço da tecnologia está nos dizendo que Cristo vem breve, prepara-te! O profeta Daniel disse que a ciência se multiplicaria, Jesus vem, estamos preparados? Este avanço tem trazido muitas evoluções para o mundo, mas também tem provocado muitas decadências na família, crianças, adolescentes e jovens que não querem mais obedecer a seus pais. Quantas gravidas prematuras e quantos que infelizmente as drogas tem dominado? Muitos seres humanos e muitos jovens e adolescentes estão perdendo a vida prematuramente. Por causa do grande avanço de tecnologias e por muitos destes grandes problemas, o caminho é chegar-vos a Deus, e Ele chegará para vós (Tiago 4:8).  

 E Como analisa o impacto da Internet na vida das pessoas?

A igreja é a mesma pois o dono da igreja não mudou e jamais mudará, só há dois caminhos, um largo e espaçoso que leva a condenação eterna e outro estreito que leva a salvação eterna com Deus, qual sua escolha? Cristo é o caminho a verdade e a vida (João 14:6). Escapa-te por tua vida Deus te ama.

 Como o senhor gostaria que as assembleias de Deus estivessem daqui alguns 10 anos?

Não daqui a dez anos, mas partir de hoje quero que a igreja seja as virgens prudentes que está esperando a chegada do noivo com as lâmpadas acesas e azeite nas vasilhas, amém.

 Na sua visão atual. O que fazer para o Evangelho alcançar e transformar essas comunidades?

Trabalhai enquanto é dia, pois a noite vai chegar, precisamos ter fome de fazer a obra de Deus, Jesus disse: “A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e consumar a sua obra. […] Eu, porém, vos afirmo: erguei os olhos e vede os campos, pois já estão brancos para a colheita.” (João 4:34-35)

 O senhor como presidente de Honra do ministério de Cel. Fabriciano Ipatinga, o que pontuaria dentro do universo assembleiano em contextos para os dias atuais em relação ao corona vírus?

Nós cremos em Deus e na sua palavra, a bíblia diz que os sãos não necessitam de médicos, mas sim os doentes. Porém todos sabem que até mesmo para a medicina há doenças que é só para Deus, o médico dos médicos por excelência. Êxodo 15:26 diz: “Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o Senhor que te sara.”. E ao chegar para Deus e fazer o que é reto diante dos seus olhos, humilharemos debaixo de suas mãos. Ele é o todo poderoso, a Ele glória para sempre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil