11 parlamentares tiveram sigilos quebrados por Alexandre de Moraes

Ministro Alexandre de Moraes durante sessão plenária do STF. Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF (18/12/2019)

Moraes quebra sigilo bancário de parlamentares pró-Bolsonaro

Medida foi tomada em conjunto com autorização para busca e apreensão contra 21 alvos.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a quebra do sigilo bancário de parlamentares alinhados ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Moraes quer apurar¹ se eles atuaram no financiamento de “atos antidemocráticos”.

A decisão de Moraes foi tomada em conjunto com a autorização da operação “Lume”, da Polícia Federal (PF), que cumpriu nesta terça-feira mandados de busca e apreensão contra 21 alvos ligados aos atos antidemocráticos.

As operações de busca e apreensão e a quebra de sigilos foram solicitadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Entre os alvos estão 10 deputados e 1 senador. Confira a lista² completa:

  1. Daniel Silveira (PSL-RJ)
  2. Cabo Junio do Amaral (PSL-MG)
  3. Otoni de Paula (PSC-RJ)
  4. Caroline de Toni (PSL-SC)
  5. Carla Zambelli (PSL-SP)
  6. Alê Silva (PSL-MG)
  7. Bia Kicis (PSL-DF)
  8. Deputado Coronel Girão (PSL-RN)
  9. Guiga Peixoto (PSL-SP)
  10. Aline Sleutjes (PSL-PR)
  11. Arolde de Oliveira (PSD-RJ), senador

Publicado 19 segundos atrás 

em 16.06.2020

Por Tiago Netto Conexão politica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil