Judiciário não tem como ‘paralisar’ as fake news, diz Barroso

“Principal opção de combate às fake news se dá pela via das próprias plataformas eletrônicas”, diz Barroso.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou, neste domingo (16), que o Poder Judiciário não tem instrumentos para barras as fake news.

Em entrevista ao programa “Canal Livre”, da Band TV, Barroso declarou:

“Não se deve cultivar a ilusão de que pela via do Judiciário você consiga paralisar fake news.”

Barroso disse ainda que “a questão das notícias fraudulentas, das campanhas de desinformação, das campanhas de ódio são o novo perigo da democracia”, e é preciso enfrentá-la “sem que isso importe em censura prévia”:

“Portanto, a nossa principal opção de combate às fake news se dá pela via das próprias plataformas eletrônicas, das próprias mídias sociais.”

CANAL TELEGRAM:TARCISO MORAISFundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil