Cidades baianas voltam a ter terremoto nesta segunda-feira

Estado já havia sido impactado por tremores de terra na manhã e noite de domingo

Um novo terremoto, desta vez com magnitude de 3,5 na escala Richter, foi registrado em algumas cidades da Bahia na madrugada desta segunda-feira (31). Os tremores foram sentidos principalmente nas cidades de Amargosa, Brejões e Elísio Medrado.

Moradores destas cidades já tinham feito relatos sobre o fenômeno na manhã e na noite de domingo (30). Em Amargosa, a prefeitura identificou rachaduras em pelo menos seis casas e na igreja da cidade. Os impactos dos terremotos foram sentidos principalmente na zona rural do município.

O secretário de Infraestrutura de Amargosa, Aedson Borges, conta que os danos foram, principalmente, no distrito de Corta Mão, que é uma área de zona rural que fica entre as cidades de Amargosa e São Miguel das Matas.

– Ontem [domingo, 30] pela manhã, nós recebemos através dos nossos números de contato, informações de que houve danos no distrito aqui de Corta Mão, na zona rural. Nós dirigimos nossa equipe para lá, a equipe de infraestrutura, e quando o pessoal chegou lá constatou seis casas com rachaduras e algumas fissuras, e também a igreja com algumas fissuras, mas nada muito impactante – disse Aedson.

Os primeiros tremores na Bahia foram sentidos na manhã do domingo (30). O primeiro terremoto começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20.

O terremoto ocorrido durante a manhã teve magnitude de 4,6. Apesar do epicentro ser entre o Recôncavo Baiano e o Vale do Jiquiriçá, o tremor foi sentido em diversas áreas da Bahia, como Salvador e cidades das regiões Sul e Sudoeste. Já na noite de domingo, um novo tremor foi sentido em Amargosa. Dessa vez, com magnitude de 2,7.

Paulo Moura – 31/08/2020 10h03 | atualizado em 31/08/2020 10h06-Pleno.news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil