Oxford: Anvisa inclui sonolência e diarreia como reações adversas

Mudança faz parte do Plano de Gerenciamento de Riscos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou a bula da vacina da AstraZeneca/Oxford para incluir duas novas possíveis reações adversas: diarreia e sonolência. O órgão regulador comunicou a alteração por meio de nota nesta terça-feira (23).

– A primeira é uma reação que pode ser comum: a diarreia. A segunda reação, considerada uma reação incomum após administração da vacina, é a sonolência. As alterações foram realizadas no último dia 16 de março, após análise da área de Farmacovigilância da Anvisa – informou o órgão regulador por meio de nota.

Vacina de Oxford/AstraZeneca já vacinou 3,3 milhões de brasileiros Foto: Reprodução

De acordo com a agência, a mudança faz parte do Plano de Gerenciamento de Riscos, que monitora os riscos da vacina após seu lançamento no mercado.

A entidade afirma que as duas possíveis reações foram identificadas nos estudos clínicos com a vacina, e acrescentadas às bulas também em outros países.

O imunizante já obteve o registro definitivo junto a Anvisa. Até a manhã desta terça (23), 3,3 milhões de doses da AstraZeneca já haviam sido aplicadas em brasileiros, de acordo com dados do painel do Ministério da Saúde.

Thamirys Andrade – atualizado em 24/03/2021 -Pleno. news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil