Mais de 340 iranianos aceitam Jesus em três meses, através de pregações pela TV

Apesar dos esforços do governo do Irã para conter o crescimento de cristãos, a igreja iraniana é uma das que mais cresce no mundo

Mais de 340 iranianos aceitam Jesus em três meses, através de pregações pela TV

Embora o Irã seja classificado como o 8º país que mais persegue os cristãos, de acordo com a classificação da organização Portas Abertas, o país tem a população evangélica que mais cresce no mundo.

Parte do evangelismo no Irã é feito através de transmissões pela TV, apesar das tentativas do governo iraniano de impedir a entrada de emissoras cristãs. Uma delas é a Heart4Iran, um ministério de TV e rádio que tem buscado novos meios de levar a mensagem do Evangelho às casas.

“Mudamos nosso feed para um satélite diferente, transmitindo de fora do Irã para dentro do Irã”, disse Mike Ansari, do Heart4Iran (“Coração Para o Irã”, em português), ao Mission Network News. “O governo iraniano está agora empenhado em bloquear as chamadas ou interferir no sinal.”

Por estar no mesmo sinal de transponder de alguns dos canais via satélite mais populares do Irã, o Heart4Iran atinge um público ainda maior. Como resultado, cerca de 347 pessoas aceitaram a Cristo nos últimos três meses, diz Ansari.

“Grande parte da população iraniana está farta do Islã e está procurando outras opções. É por isso que eles chamam organizações como a Mohabat TV, que é uma TV cristã por satélite 24 horas por dia, 7 dias por semana, transmitida para o Irã”, afirma.

Com o Ramadã em andamento até 12 de maio, Ansari espera ainda mais ligações nos próximos dias. “Durante o mês do Ramadã, por causa da tentativa dos muçulmanos de se aproximarem de Deus, eles estão em um lugar muito melhor para receber o Evangelho de amor de Jesus Cristo”, observa.

“O Ramadã é um momento especial em que tentamos alcançar o povo do Irã com uma mensagem de amor, paz, tolerância e aceitação”, acrescenta Ansari. 

Ele também pede orações pelo mundo islâmico, especialmente no “momento crítico” do Ramadã. “Os muçulmanos estão jejuando e tentando estabelecer uma conexão mais próxima com Deus, e pedimos a todos que, por favor, levantem a população muçulmana global durante o mês do Ramadã”, diz Ansari.

Fonte: Guiame / Com informações Mission Network News / Foto: Heart4Iran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil