Pastor aponta o que acontecerá em Israel antes da volta de Jesus: “Os sinais serão claros”

Pastor acredita que Israel é o lugar das grandes profecias bíblicas e para compreendê-las precisamos conhecer o passado e o presente dessa nação.

Os conflitos entre Israel e Palestina tem gerado muitas dúvidas e polêmicas, levantando antigas questões sobre o fim dos tempos e os sinais da volta de Cristo. Em seu canal no YouTube, o pastor Antônio Júnior comenta sobre o assunto.

“Segundo a avaliação do rabino isrelense, Lazer Brody, os últimos acontecimentos em Jerusalém apontam para a chegada do Messias”, iniciou. Conforme noticiado pelo Guiame, o rabino comentou que o mundo, incluindo os Estado Unidos, está alinhado contra Israel.PUBLICIDADE

O pastor aponta para o cenário de guerra: incêndio no Monte do Templo, provocado pelos agitadores do grupo extremista islâmico Hamas, no céu os aviões a jato e os foguetes disparados. “E ninguém sabe o que pode acontecer nos próximos dias”, sublinhou.

Dores de parto para a chegada do Messias

Antônio Júnior destaca a fala do rabino: “As dores de parto para a chegada do Messias já começaram”. 

Para o pastor, é importante que os cristãos saibam que os judeus ainda aguardam a chegada do Messias e que eles não reconheceram Jesus Cristo como o Salvador. “Nós cremos que o Messias é Jesus, que veio há mais de dois mil anos”, lembrou.

“Eu vim em nome de meu Pai, e vocês não me aceitaram; mas, se outro vier em seu próprio nome, vocês o aceitarão.” (João 5.43)

Ao citar o texto bíblico, o pastor explica que “o outro” ao qual Jesus se referiu é o Anticristo. “Ele deve ser revelado em breve e se assentará no templo de Deus —  o Terceiro Templo que será construído onde hoje está o Domo da Rocha e a mesquita de Al-Aqsa”, esclareceu.

“Viu só como já estamos perto do fim? Israel é o lugar das grandes profecias bíblicas e para compreendê-las precisamos conhecer o passado e o presente dessa nação, pois tudo o que acontece com ela está relacionado com a primeira e segunda vinda de Cristo”, disse.

Primeiro sinal

O retorno do povo judeu a Israel é o primeiro grande sinal sobre a volta de Jesus, acredita o pastor. “A fundação do Estado de Israel, em 1948, é o cumprimento de uma profecia bíblica. 

“Quem já ouviu uma coisa dessas? Quem já viu tais coisas? Pode uma nação nascer num só dia, ou, pode-se dar à luz um povo num instante? Pois Sião ainda estava em trabalho de parto, e deu à luz seus filhos.” (Isaías 66.8)

Depois de viver espalhado pelo mundo, através dos séculos, longe de sua terra, os judeus finalmente retornaram à sua casa. “Deus já havia profetizado sobre isso, no livro de Ezequiel.

“Assim como o pastor busca as ovelhas dispersas quando está cuidando do rebanho, também tomarei conta de minhas ovelhas. Eu as resgatarei de todos os lugares para onde foram dispersas num dia de nuvens e de trevas.” (Ezequiel 34.12)

“Deus está no controle e tem cumprido as suas promessas em relação ao seu povo”, emendou.

https://youtube.com/watch?v=akg1efJp5mE

Segundo sinal

“O outro sinal são os preparativos para a construção do Terceiro Templo em Israel. O instituto responsável por isso afirma que todos os utensílios para o serviço sagrado do Templo já estão prontos, inclusive a criação de um filme onde mostra um Templo surgindo no mesmo local onde atualmente está a mesquita do Domo da Rocha, local disputado por muçulmanos e judeus”, citou.

O pastor lembra que, em dezembro de 2018, ocorreu uma cerimônia de consagração do altar do Terceiro Templo, em Jerusalém, onde serão apresentados sacrifícios diariamente.

“Ao todo, setenta países foram convidados e o rabino Hillel Weiss explicou o significado desta cerimônia: ‘Os judeus foram trazidos de volta a Israel com o propósito de espalhar a luz para as nações. Uma nova luz brilhará sobre Sião, e todos nós veremos esta luz muito em breve’. 

O pastor reforça que essa luz, esse Messias já veio, e ele é Cristo. “Mas, muitos judeus estão cegos espiritualmente e não aceitam essa verdade. Eles aguardam Messias,mas serão enganados por um homem que fará sinais e maravilhas até se revelar como o Anticristo”, sublinhou.

Termômetro do mundo

“Como já vimos, Israel é como um termômetro para o mundo. Quando essa nação está em paz, o mundo fica em paz, mas quando ela entra em conflito, o mundo inteiro é afetado”, advertiu.

Por esse motivo, segundo o pastor, todos devem ficar atentos a tudo o que acontece nesta localidade do planeta, pois está ligada às profecias bíblicas. “Ninguém sabe o dia, nem a hora, mas Jesus nos mostra que os sinais da sua vinda serão muito claros”, continuou.

Somente os que estiverem atentos espiritualmente vão perceber e vão se preparar. “Mas, infelizmente, a maioria das pessoas querem o caminho mais fácil e não querem saber de Jesus, elas querem o caminho mais fácil. Quando Jesus chegar serão pegas de surpresa. E você, está preparado?”, perguntou.

FONTE: GUIAME, CRIS BELONI ATUALIZADO: TERÇA-FEIRA, 18 MAIO DE 2021 AS 9:31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil