#BarrosoNaCadeia entra para o ranking mundial do Twitter

A hashtag já foi mencionada mais de 260 mil vezes na plataforma

Na segunda-feira (2), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade, a abertura de um inquérito administrativo sobre ataques à legitimidade das eleições.

O plenário do TSE também aprovou, com votação unânime, um pedido feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o presidente Jair Bolsonaro seja investigado no inquérito das fake news. O pedido foi feito diretamente por Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, a Alexandre de Moraes, ministro do STF.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Barroso têm protagonizado trocas de acusações, de forma direta e indireta, sobretudo acerca do voto impresso auditável.

Nas redes sociais, internautas levantaram a hashtag #BarrosoNaCadeia, que se tornou um dos assuntos mais comentados no mundo no Twitter. Até o fim da manhã desta quarta-feira (4), a tag já contava com mais de 260 mil menções na plataforma.

Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso
Internautas expressam críticas ao ministro Barroso / Foto: Reprodução/Twitter
Monique Mello – 04/08/2021 12h22 | atualizado em 04/08/2021 13h06 Pleno. news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil