Morre pr. Yonggi Cho, fundador da maior igreja da Coreia do Sul

Pastor David Yonggi Cho sofreu hemorragia cerebral Foto: Reprodução / Youtube

O reverendo foi símbolo do crescimento do Cristianismo no país em meio ao pós-guerra

Morreu aos 85 anos o reverendo David Yonggi Cho, fundador da maior igreja da Coreia do Sul e símbolo do crescimento do Cristianismo no pós-guerra do país. O líder cristão estava hospitalizado desde 2020 em Seul devido a uma hemorragia cerebral, mas não resistiu, vindo à óbito nesta terça-feira (14). Seu velório está marcado para ocorrer no próximo sábado (18).

Yonggi Cho iniciou a igreja Yoido Full Gospel Church, em Seul, no ano de 1958, com apenas cinco membros. A congregação foi marcada por um crescimento explosivo, chegando em 1933 a ter mais de 700 mil fiéis, e entrando para o Guinness World Records como a maior igreja do planeta.

– Ele transmitiu o Evangelho de esperança ao povo coreano, que caiu em desespero após a Guerra da Coreia (1950-1953). Yonggi Cho foi fundamental para o crescimento da igreja coreana, particularmente desenvolvendo a Yoido Full Gospel Church como a maior igreja do mundo – relembrou a igreja em comunicado.

Atualmente, a congregação contabiliza cerca de 600 mil membros, e não sabe afirmar se continua sendo a maior igreja do mundo. Ainda assim, é a maior protestante do país, com ao menos 400 pastores e evangelistas, além de 500 missionários no exterior.

Quando David Yonggi Cho inaugurou a Yoido Full Gospel Church, o país era marcado pela doutrina confucionista, baseada em um sistema filosófico chinês. Segundo censo governamental de 2015, porém, a maior religião do país era o protestantismo, com cerca de 9,7 milhões de adeptos, quase 20% dos 49 milhões de habitantes.

Thamirys Andrade – 14/09/2021 10h32 | atualizado em 14/09/2021 10h35-Pleno. News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil