Aplicativo da Bíblia quer traduzir as Escrituras para todos os idiomas até 2033

Um dos benefícios que a tecnologia de smartphones oferece é a possibilidade de carregar um exemplar da Bíblia Sagrada no bolso, mas os responsáveis pelo aplicativo YouVersion querem aproveitar essa facilidade para traduzir a Palavra de Deus para toda a população mundial.

A meta é disponibilizar o Novo Testamento no app da Bíblia YouVersion em 99,96% dos idiomas até 2033. A iniciativa conta com uma aliança de dez organizações conhecidas pelo trabalho de tradução da Bíblia.

O plano de colaboração é chamado de IllumiNations, e vem sendo debatido e acalentado desde 2010. A associação foi criada porque 3.732 línguas das mais de 7.000 línguas do mundo têm pouca ou nenhuma parte da Escritura traduzida.

“A Bíblia transforma vidas, e queremos retribuir e trazer consciência”, disse o fundador do YouVersion, Bobby Gruenewald, em entrevista ao portal The Christian Post. “É importante que as pessoas saibam que Deus fala suas línguas também”, acrescentou.

Gruenewald criou o YouVersion, comumente conhecido como o aplicativo da Bíblia, em 2008, quando estava lutando para estabelecer um padrão consistente no tempo que passava lendo a Bíblia.

Desde o seu início, o aplicativo sozinho foi instalado em mais de 400 milhões de dispositivos únicos e baixado em todos os países do mundo.

Gruenewald disse que, embora tenha visto milhões “aproximarem-se da Bíblia” através do aplicativo, o ministério percebeu que precisava se expandir para outras línguas, incluindo “línguas menores nunca ouviram as palavras de Jesus”.

“Como ministério, assumimos o compromisso de tornar a Bíblia disponível nas línguas do coração de todos”, explicou.

Um estudo da maior associação evangelística da América do Norte, Missio Nexus, reportou que até 2016 que cerca de um sexto da população mundial (1,3 bilhão de pessoas) não tinha acesso a uma tradução da Bíblia completa no idioma que falam melhor.

Esforços de tradução

A iniciativa IllumiNations envolvem a Sociedade Bíblica Americana, Biblica, Deaf Bible Society, Lutheran Bible Translators, Seed Company, SIL International, United Bible Societies, The Word for the World, Pioneer Bible Translators e Wycliffe Bible Translators USA.

O trabalho necessário para traduzir a Bíblia em diferentes dialetos, disse Gruenewald, não é tarefa fácil, e isso pode ser compreendido pelo fato de que, antigamente, levava-se até 12 anos para que uma única tradução fosse concluída.

Originalmente, as Bíblias eram traduzidas principalmente por meio de trabalhos missionários de longo prazo. Os missionários viajavam para áreas que nunca ouviram o Evangelho traduzido em seus idiomas. Eles iriam mergulhar no meio do povo para aprender seus idiomas e, por fim, ajudar nos esforços de tradução da Bíblia.

Mas com o tempo, com os avanços na tecnologia e nas metodologias de tradução, o processo de tradução se acelerou: “A tecnologia dá impulso em torno das traduções da Bíblia porque era muito difícil de traduzir porque as pessoas que falam essas línguas vivem em diferentes áreas e tribos”, disse Gruenewald.

“Agora, as metodologias mudaram em parte devido à tecnologia, assim como mais doadores ficam ainda mais animados com isso. A disposição dos líderes dos ministérios de traduções de deixar de lado logotipos e marcas para realizar e concluir o trabalho é o que levou a esses avanços”, acrescentou.

A esperança é que a divulgação da iniciativa motive pessoas a colaborarem com o projeto: “Este é um objetivo grande, audacioso e agressivo, mas é um plano centrado em Deus que trouxe tanta unidade e fé. E quando há grande unidade e fé, Deus responde ”, acrescentou.

TIAGO CHAGAS21 HORAS ATRÁSFoto: reprodução/Meghan Schiereck/Unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil