QUAL SERÁ A NOVA ECONOMIA PÓS CORONA?

Seria muito prepotência chegar aqui escrever um texto e dizer o que vem depois da pandemia para Nova Economia. Não sou eu uma adivinha para trazer estas respostas. A única certeza que tenho é que o futuro já chegou. Toda mudança que nos é exigida ou colocada goela abaixo nos deparamos com um Novo Presente que seria o Futuro.

Já nos acostumamos a gastar menos energia depois do apagão em 2001, já nos acostumamos trancar portas das casas por causa da crise de segurança. São mudanças de comportamentos que nos sãos impostas e ao final nos acostumamos. Já não vejo o mundo pós pandemia sem álcool gel, sem o uso de máscaras, distanciamento social (pra mim essa é a pior parte) e tantas outras mudanças tecnológicas como: home office, trabalho remoto, operar em modelos de plataformas e e-commerce. Mudanças que levaríamos anos, talvez décadas para ver acontecer, estamos tendo que implementar no susto, em questão de meses. O futuro já é presente.

Para marcar o tempo usamos datas e números e é normal acharmos que virou o século, tudo mudou. Como foi na virada de 1999 para 2000. Mas não funciona bem assim, é o nosso dia a dia que constrói o tempo. O século 19 só terminou com a Primeira Guerra mundial. E agora o século 20 efetivamente dá lugar ao século 21 após esta crise do Corona vírus. Essa pandemia vem para adiantar a revolução tecnológica que era para acontecer ao final desta década.

Mas, quais são as principais mudanças tecnológicas para essa Nova Economia? Como destaca a futurista Amy Webb, o uso da Inteligência Artificial será bem mais amplo, seja para processo de descobertas científicas e diagnóstico de doença até para uso de robôs em limpezas de ambientes. Outra tecnologia que muito será usada é a de reconhecimento facial, principalmente para identificar indivíduos que estão com ou sem máscaras e tantas outras utilidades. Outro mercado que também vai aparecer mais, é o da Realidade Virtual Aumentada, talvez venha com custos mais baixos, principalmente para visitas a museus, igrejas, tantos outras utilidade a fim de trazer um realismo mais convincente. As famosas Plataformas Digitais ganharão ainda mais destaques, principalmente com os influenciadores digitais exercendo grande importância sobre a escolha dos consumidores. A Computação ganhará mais notoriedade com computadores mais potentes na geração de dados e conectividade 5G. Outra grande mudança é na SAUDE, empresas de tecnologia estão investindo cada vez mais, contratando médicos, pesquisadores e grandes analistas de dados a fim de transformar a indústria dos medicamentos e dispositivos versáteis capaz de medir as informações vitais dos pacientes.

O que posso dizer aqui é que o Covid-19 já mudou e vai mudar ainda mais as nossas vidas, o mundo pós-pandemia será diferente, iremos viver uma Nova economia. É importante entendermos esta mudança para nos prepararmos para o que vem por aí. O mundo não será como antes. As transformações são muitas, seja na política, na economia, negócios, relações sociais, cultura, psicologia social e relação no espaço público. E cada um desses merece um artigo particular.

O que vai diferenciar será aquele que aceitar que o futuro já chegou daquele que se rebelar contra esta realidade que nos está sendo imposta. E se o profissional e a corporação não se adequarem à Nova Economia, fatalmente serão engolidos pelos que aceitaram que o futuro chegou.

ALINE FRANCO CASTRO Formada em Ciências Econômica pela UFJF. Pós graduada em Métodos Estatísticos Computacionais-UFJF. MBA em Tecnologia para Negócios: Inteligência Artificial, Data Science e Big Data- PUC-RS (cursando)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese