Com ajuda de Trump, Israel e Emirados Árabes chegam a acordo de paz

Centro Universitário Ariel de Samaria, instituição israelense com 10.000 alunos, em Ariel, Cisjordânia/ Foto: wikipedia

Por intermédio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Israel e os Emirados Árabes chegaram a um acordo histórico de paz, nesta quinta-feira (13). O acordo tem como objetivo a normalização total das relações diplomáticas entre as duas nações do Oriente Médio, um pacto que Trump, ajudou a intermediar.

O pacto foi selado em um telefonema nesta quinta-feira entre os três mandatários: Donald Trump, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o xeique Mohammed Bin Zayed, príncipe herdeiro de Abu Dhabi.Anúncio:

Sob o acordo, Israel concordou em suspender a aplicação de soberania a áreas da Cisjordânia que vinha discutindo anexar, disseram autoridades sêniores da Casa Branca à agência Reuters.

“ENORME avanço hoje! Acordo de paz histórico entre nossos dois GRANDES amigos, Israel e os Emirados Árabes Unidos”, escreveu Trump no Twitter.

As autoridades descreveram o acordo, que será conhecido por “Acordos de Abraham”, como o primeiro desse tipo desde que Israel e Jordânia assinaram um tratado de paz em 1994. Ele também dá a Trump um sucesso relacionado à política externa enquanto tenta sua reeleição em 3 de novembro.

*Com informações do Extra Por Camila Abdo -13/08/20200

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese