Aos 56 anos, morre a pastora e cantora Ludmila Ferber

A artista gospel lutava contra um câncer de pulmão

A pastora Ludmila Ferber, de 56 anos, morreu nesta quarta-feira (26). A cantora lutava contra um câncer de pulmão, diagnosticado em 2018, que gerou metástase no fígado e nos ossos, e estava internada para um novo tratamento há alguns dias. A informação foi confirmada pela nossa reportagem com amigos próximos.PUBLICIDADE

Ao longo dos tratamentos que fez, a pastora sempre se mostrou otimista, confiante e compartilhou alguns momentos em suas redes sociais. Em 2018, a cantora deu uma entrevista exclusiva ao Pleno.News e falou sobre a descoberta da doença.

– Eu me submeti a uma biópsia no pulmão e receber a notícia foi um choque, a vida da gente fica de pernas para o ar. É difícil de explicar. Só entende quem passa por uma situação dessa, seja com você mesmo ou com alguém que você ama demais. Nessa situação você vê que precisa de um milagre sendo operado na sua vida ou na vida de quem você ama – contou. Com mais de 30 anos de carreira, Ludmila Ferber é autora de canções que impactaram gerações. Entre suas composições mais conhecidas estão músicas como Nunca Pare de Lutar, Recebe a Cura e Os Sonhos de Deus.

Natalia Lopes – 27/01/2022 00h17 | atualizado em 27/01/2022 00h21-Pleno.News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.