Amazônia e eleições marcam encontro de Biden e Bolsonaro

Biden falou em “ajudar” o Brasil a preservar a Amazônia, enquanto Bolsonaro defendeu a política ambiental brasileira

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos Estados Unidos, Joe Biden, falaram sobre Amazônia e sobre o processo eleitoral brasileiro no primeiro encontro bilateral de ambos, ocorrido nesta quinta-feira (9) no âmbito da 9ª Cúpula das Américas.

A conservação do meio ambiente foi um dos temas centrais da breve declaração de ambos os líderes. Biden reconheceu que o Brasil fez “verdadeiros sacrifícios” para proteger a Amazônia, mas ao mesmo tempo afirmou perante Bolsonaro que a comunidade internacional “deveria poder ajudar” o Brasil a “preservar o máximo que puder” a maior floresta tropical do planeta.

Bolsonaro, por sua vez, exaltou a política ambiental do Brasil, afirmou que o país “preserva muito bem o seu território”, ressaltou que o Brasil “é um exemplo para o mundo” nessa área e que a legislação ambiental brasileira é “bastante rígida”.

– Fazemos o possível para o bem do nosso país (…) Na questão ambiental temos nossas dificuldades, mas fazemos o possível para atender nossos interesses – declarou.

Com Biden a poucos metros de distância, Bolsonaro, que disputará a reeleição em outubro, falou também sobre as eleições presidenciais brasileiras. O chefe do Executivo ressaltou que sua intenção é que se tenha “eleições limpas, confiáveis ​​e auditáveis ​​para que não reste nenhuma dúvida após o pleito”

– Cheguei pela democracia e tenho certeza de que, quando deixar o governo, também será de forma democrática – reforçou.

Nesta sexta (10), Bolsonaro deve participar da segunda sessão plenária da Cúpula das Américas e, no mesmo dia, deve viajar a Orlando, na Flórida, para inaugurar um novo escritório consular brasileiro.

Pleno.News – atualizado em 10/06/2022 08h22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.