Explosão de hotel em Havana: Número de mortos sobe para 25

Local ficou severamente danificado após explosão ocorrida no fim da manhã de sexta-feira

Aumentou para 25 o número de mortos – incluindo uma criança e uma mulher grávida – na forte explosão no hotel de luxo Saratoga, no centro de Havana, em Cuba. A informação consta em um novo relatório oficial sobre o ocorrido transmitido neste sábado (7) pela TV estatal cubana.

Segundo o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, que visitou o local, as investigações iniciais indicam que houve vazamento de gás. Um repórter do canal Habana disse que uma empresa de gás fazia serviços de manutenção no hotel antes da explosão.

– Não foi uma bomba ou um ataque, foi um acidente lamentável – disse o presidente, em frente aos escombros do hotel de luxo. Depois, ele visitou dois hospitais que receberam os pacientes feridos.

A explosão ocorreu por volta das 10h50 (11h50 de Brasília) e causou o colapso da fachada do prédio. Houve, ainda, um incêndio que gerou uma enorme coluna de fumaça branca, visível de grande parte da cidade. O térreo e os dois primeiros dos seis andares do prédio foram os pavimentos mais danificados pela explosão.

Os policiais isolaram dois quarteirões ao redor com fita amarela. Na região havia várias ambulâncias e cinco caminhões de bombeiros, além de uma forte mobilização policial. Ao lado do prédio está localizada uma escola, mas felizmente “todas as crianças foram retiradas e nenhuma ficou ferida”, informou o governo cubano.

Pleno.News – 07/05/2022 11h17 | atualizado em 07/05/2022 11h20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.