Doria deve deixar candidatura presidencial nesta quinta-feira

Governador de São Paulo teria afirmado a aliados e auxiliares que seguirá no comando do governo paulista, mas sem tentar a reeleição

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), teria comunicado a aliados e auxiliares, na manhã desta quinta-feira (31), que desistiu de ser candidato a presidente da República e não vai mais deixar o comando do Executivo paulista como estava previsto. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, Doria cancelou agendas externas, mas manteve um evento com prefeitos no Palácio dos Bandeirantes, marcado para as 16h, ocasião em que deve fazer o anúncio oficial da desistência. Além disso, de acordo com aliados, Doria deve anunciar a saída do PSDB e não tentará a reeleição ao governo de São Paulo.

Em nota, a assessoria de imprensa do Governo de São Paulo confirmou a mudança de agenda e declarou que “ao contrário do previsto anteriormente, o governador não irá mais até o Edifício-Monumento do Novo Museu do Ipiranga, ao Parque da Cidadania em Heliópolis e à B3. Apenas essa agenda da B3 está mantida, mas sem a presença dele”.

Paulo Moura – 31/03/2022 08h20 | atualizado em 31/03/2022 09h11 -Pleno.News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.